“Véspera” aborda o absurdo das relações familiares na era da tecnologia

2 jul

A trama se inicia em um 24 de dezembro qualquer, durante o almoço do dia antes do Natal. Depressiva, a mãe (interpretada por Cris Nicolotti) lamenta a ausência do filho, que vive na Europa e não virá para a ceia. O pai (papel de Tadeu Di Pyetro) pouco parece se importar com tudo, enquanto a filha (Silvia Lourenço) anseia por livrar-se da refeição para ver o namorado. A apática empregada (Juçara Morais), contudo, traz uma notícia perturbadora. Uma queda de energia impede o funcionamento dos aparelhos eletrônicos e um sujeito da vizinhança (Rafael Maia) encarregou-se de organizar uma assembleia para reverter a situação.

Nessa Era digital, é um assunto bem polêmico não acham? =)

Fonte: Veja SP


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: